Ugia Pedreira e Fred Martins

Ugia Pedreira (Galiza) e Fred Martins (Brasil)

Os compositores Ugia Pedreira e Fred Martins apresentarão Acrobata, o resultado de uma conjunção artística natural nascida trás um encontro entre os dois artistas que teve lugar em Rio de Janeiro.

Três anos depois daquela união nasce este disco de autor com composições originais e próprias de ambos que sera atirado como um exercício de verticalidade, é dizer, como uma obra que se mira hacia dentro e se identifica que o singelo, o íntimo e o reduzido mostrando sem demonstrar. Trata-se, pois, de um trabalho que navega entre os dois extremos que delimita a sensibilidade e a força.

A palavra é unico vestiario deste trabalho onde as línguas galega e portuguesa cumprimentamse de um modo cordial e responsável. É a poesia a autêntica protagonista e a única com poder aboluto em todas estas composições engalanadas com a música. Acrobata é, sem lugar a dúvidas o melhor exemplo pop do achegamento da Música Popular brasileira (MPG) com a Música Popular Galega (MPG).

Ugia Pedreira+Fred Martins: MPG+MPB

Ugia Pedreira é já uma artista e compositora consolidada no panorama artísitico galego. É uma das caras visíveis de projectos musicais já conhecidos como Nordestin@s, Ecléctica Esemble ou Marful, entre outros. Fred Martins já tem publicados quatro discos como cantor e compositor. Os seus temas foram gravados por artistas universais do Brasil como Ney Matogrosso, Maria Rita ou Zélia Duncan.

“Acrobata é orvalho quente de Verão, chuva lenta que abona. É um disco facto para fantasear, para sonar em branco e preto e cor. As canções voam e têm a sua própria autonomia”, afirma Pedreira. Por sua parte, Fred Martins incide na ideia de que “este trabalho activa mediante a palavra o circuito dos sentimentos. É um disco com asas”.

Carrám, o acrobata do ar

A viagem de ida e volta deste disco vêem definida, metafóricamente, pelo Carrám, uma ave que realizada um percurso de Norte a Sul fazendo paragem para comer nas costas galegas. Esta ave ártica é a criatura da terra que mais luz recebe e a sua viagem migratoria é a mais comprida do reino animal – equivalem a três percursos de ida e volta à Lua – é por isso que também é conhecido como anduriña de mar ou a ave do sol. O Acrobata, aliás, é outra ave que habita exclusivamente nunca pequena região do Sul de Bahía, descoberto em 1996 no Brasil e já em perigo de extinção.

Créditos

Acrobata foi gravado nos Estudios Beograd, o Auditório da Galiza e o Conservatorio de Ourense, sendo técnico Arturo Valdasano. As gravações adicionais foram feitas por Quim Farinha, Luis Peixoto, Germán Díaz, Marcelo Martins e Marcos Suzano. Este trabalho está produzido e dirigido musicalmente por Pedro Pascual, misturado e masterizado em Savik Sound (Caritel-Põe-te Caldelas) que o técnico Xosé Trincado “Triki” em Março de 2011. Colaboradores: Pablo Pascual, José Diaz, Alejandro Vargas, Germán Diaz, Marcelo Martins, Marco Suzano, Luis Peixoto, Quim Farinha, Marcos Vázquez.

http://www.folque.com/acrobata/

http://www.fredmartins.mus.br/

http://marful.info/info/100821_manual-de-seducion/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: